ENTRE EM CONTATO COM A ANTIQUEDA:

Preencha o formulário ao lado para entrar em contato com a AntiQueda.

Telefone: (13) 3226-1515

ANTIQUEDA NAS REDES SOCIAIS:

Coleção Inverno 2018

BLOGAQ

Acompanhe a AntiQueda

Facebook Twiiter

Postado por Equipe AntiQueda em Novidades

Começa hoje uma parceria da AntiQueda com o mais completo clube de compras do Brasil, o Brandsclub. São todas as peças AntiQueda que faltavam pra você, com um super desconto (super mesmo!).

Para conferir todas as peças e desconto, basta se cadastrar e pronto! Mas a dica é: corra! Pois são poucas unidades e só até segunda feira!

Clique aqui, cadastre-se e confira!

Postado por Equipe AntiQueda em Blog

Ano novo, patrocínio novo. O tricampeão brasileiro e um dos maiores nomes da história do surf nacional, Peterson Rosa, é o novo reforço da equipe AntiQueda. O patrocínio foi acertado entre o atleta e a diretoria da marca, que este ano completa 21 anos de mercado e também patrocina a tetracampeã brasileira (e atual vice do Super Surf), Andréa Lopes, e o talento da nova geração, Thiago Guimarães.

Com o novo ?fôlego? na carreira, Peterson tem como foco principal a conquista do inédito tetracampeonato masculino. ?É uma nova fase na minha vida, correndo só o Circuito Brasileiro, com uma marca brasileira e crescendo junto com ela, na busca do sonhado tetra. Agora, com a AntiQueda, tenho sangue novo, energia nova, tudo para alcançarmos os objetivos?, afirma o único tricampeão brasileiro, com títulos festejados em 1994, 99 e 2000.

Para o diretor de marketing da AntiQueda, Paulo Sérgio Nogueira Lopes, o Paulinho, a contratação de Peterson é a ratificação do crescimento da empresa. ?O Peterson é um ídolo nacional, um nome conhecido em todo o Brasil e no exterior e representa muito para a nossa marca, é um símbolo do nosso fortalecimento?, destaca.

?Junto com a Andréa Lopes, temos agora dois ícones do surf nacional. Isso confirma o quanto a AntiQueda investe na modalidade e quer que o esporte se fortaleça. Vivemos do surf e temos de dar retorno. Nada melhor do que acreditando num surfista que faz parte da história?, complementa Paulinho.
Aos 35 anos de idade, Peterson mostra total animação com o novo patrocínio, em vigor a partir de janeiro de 2010,e tem outros planos. ?O foco é trazer o tetra e quero me dedicar ao máximo para a AntiQueda crescer muito no Brasil. Também vou correr as etapas do WQS no Brasil e continuar fazendo o nome no surf e prolongando essa história do Peterson Rosa cada vez mais, se possível até os 40 anos de idade?, revela o surfista, deixando claro o futuro.

?Podem esperar mais cinco anos do Peterson Rosa incomodando a nova geração, com aquela garra, energia que tem, que consegue envolver não só os juízes, como a galera na praia e todo o público surfwear no Brasil e no Mundo?, enfatiza o atleta, que sabe muito bem como enfrentar e superar os novos valores. ?Primeiro, precisa ter muito apoio, do patrocinador e da família e amigos. Muito treino e ter de usar toda a experiência, muita tática de competição, porque não sou mais nenhum garotão?, frisa.

TRANQUILIDADE – Além disso, a tranquilidade, quem diria, é a principal ?arma?, além do surf de qualidade. ?São 20 anos de competição e hoje tenho a calma para esperar uma onda, solucionar os problemas. Antes, resolvia na loucura e acabava fazendo as coisas erradas. Hoje em dia, penso muito mais para agir, antigamente agia antes de pensar?, argumenta o competidor, que tem o apelido de Bronco e ?The Animal?.
Nascido no Guarujá, cidade vizinha a Santos, onde a AntiQueda tem a sua sede, Peterson vê mais essa identidade com a marca. ?Mas o legal de tudo é uma empresa brasileira. Isso me anima muito para o resto do ano, para o resto da minha carreira. Vou batalhar muito por esse tetra, para dar de presente à empresa que está acreditando em mim?, comenta. ?A AntiQueda foi uma das primeiras que decidi procurar, pelo trabalho que vem fazendo em seu marketing. Meu objetivo foi procurar uma empresa que investisse no surf?, explica.

Em 20 anos de carreira, Peterson Rosa teve grandes momentos. Foram 15 anos no WCT, a elite mundial, de 1992 a 2006, com a melhor colocação o 7º lugar no ranking em 2001. Sua principal conquista foi a vitória no Rio Marathon Surf Pro, etapa do Circuito Mundial, no Rio de Janeiro, em 1998.

?Sou o único brasileiro a ganhar etapa do WCT masculino aqui no Brasil. Lógico que tive resultados fora do Brasil, o vice no WQS, mas essa vitória e o inédito tricampeonato brasileiro foram as melhores?, conta Peterson, com nove vitórias no WQS e o segundo lugar no ranking em 1999.

O surfista chega à AntiQueda após um ?casamento? de 10 anos com a MCD. ?Saio muito bem com a marca. Eles estão procurando outro foco, o fashion, não muito a ver com o surf e estão me apoiando em tudo. Sentei com os diretores, o Roberto, o Fernando, o Rudney, e chegamos à decisão que seria melhor essa mudança. Foi sensacional enquanto estive lá, mas agora vou vestir a camisa da AntiQueda e dar o sangue total para essa nova fase?, conclui.

JOGO RÁPIDO COM PETERSON ROSA
Nascimento ? 19/09/1974, em Guarujá
Apelidos ? Bronco, The Animal (no exterior)
Ídolo ? Fábio Gouveia
Ídolo na vida ? Minha mãe
Comida ? Feijão, arroz e batata frita
Bebida ? Saquê
Se não fosse surfista, seria ? jogador de futebol. Adoro futebol.
Outro esporte ? gosto de ação, vôo livre, futevôlei na praia, frescobol, adoro automobilismo, F1
Diversão ? pegar onda
Filme ? de ação
Quando não está surfando ? estou cuidando da minha casa, da minha mulher, do meu jardim, focando nos campeonatos, nas coisas boas. É preciso plantar coisas boas para colher resultados bons
Melhor onda ? Matinhos (Paraná), G-Land (Indonésia) e Snnaper Rocks e Kirra (Austrália)
Manobra preferida ? Tubo
Aposentadoria ? Viver dos meus negócios que construí, trabalhar minha imagem, dando palestras, se possível atuar na própria empresa onde estou, com a nova geração;
Peterson Rosa por Peterson Rosa ? É um cara que tem uma agressividade muito forte, aparente, mas que quando se conhece, tem um coração muito grande, capaz de tirar a própria roupa que veste para ajudar o próximo.
Peterson Rosa em uma palavra ? Animal

Marca tem 2 décadas de história

Com 20 anos no mercado, a surfwear AntiQueda tem sede em Santos e hoje está consolidada em todo o País, em mais de 600 pontos de venda, contando com mais de 300 itens em cada coleção, nas linhas masculina, feminina e infanto-juvenil. Além da equipe de atletas, com Andréa Lopes, Thiago Guimarães e agora Peterson Rosa, a marca investe no surf, com o patrocínio ao Circuito A Tribuna de Surf Colegial, o mais tradicional do gênero, desde o seu início em 1996.

Postado por Equipe AntiQueda em Blog

ETERNO JUBA, DE ARMAÇÃO ILIMITADA, MOSTRA SUA TRAJETÓRIA EM LIVRO
E PÚBLICO PODERÁ ACOMPANHAR O DESFILE DE MODA VERÃO DA SURFWEAR


Eterno Juba, da série de TV Armação Ilimitada, e uma das personalidades com mais identidade com o surf, o ator Kadu Moliterno lançará a sua autobiografia no próximo dia 9, às 11 horas, no Tênis Clube Paulista, em São Paulo. O evento, em parceria com a AntiQueda, terá um desfile da coleção de verão da surfwear, apresentando, inclusive, a linha desenvolvida em parceria com o ator.
O livro ?Reviva com Kadu Moliterno? conta toda a trajetória do artista/surfista, desde a Copa de 1958, como entrou na TV e os grandes momentos, além de ensinar a ter qualidade de vida. Entre os personagens mais marcantes está o Juba, parceiro de Lula, na Armação Ilimitada, série que fez grande sucesso em 1985 e até hoje é lembrada.
?No livro, tem relatos sobre minha carreira e meu envolvimento com esporte, com muita aventura e humor. Estou emocionando em poder publicar um livro com 40 anos de profissão?, afirmou. ?Gostei da experiência de escrever o livro, nunca tinha olhado para trás e percebido os personagens que já fiz. Eu tenho uma história bonita, são 40 anos de carreira e muita coisa pra contar?, acrescentou.
O prefácio da obra, escrita pelo reconhecido autor Gilberto Braga, resume bem a importância de Kadu: ?Meu primeiro encontro com Kadu Moliterno, em 1980, foi marcado pela desconfiança e pelo preconceito. Eu tinha terminado Dancin’ Days e ele, o Pulo do Gato, novela de Bráulio Pedroso. (…) Logo nas primeiras cenas de Água-Viva, Kadu me conquistou. É um ator nato, sensível, sincero. Fez par com minha querida Glória Pires. De lá para cá, foram poucas as minha novelas sem o Kadu. É, sem sombra de dúvida, um de meus atores preferidos. (…) Enquanto eu estiver na ativa, espero continuar sempre tendo Kadu em meus elencos.?
TRAJETÓRIA – Conhecido por levar um estilo de vida saudável, incluindo o surf e uma alimentação equilibrada, Kadu iniciou na TV em 1970, na novela As Pupilas do Senhor Reitor. Seu trabalho foi reconhecido e, na seqüência, em 72, fez o seu primeiro protagonista na novela “O Príncipe e o Mendigo”, onde atuou nos dois papéis principais.
Daí em diante foi uma sucessão de novelas  na TV  Record e Tupi. Fez peças de teatro, chegou a ficar desempregado e trabalhar como propagandista de laboratório na Med Jhonson, voltou às peças teatrais, até que em 78, Walter Avancini o convidou para fazer a novela de Bráulio Pedroso “O Pulo do Gato” onde interpretou “Billy”, o primeiro surfista retratado na TV Brasileira.
Esse personagem lhe deu a condição de assinar o seu primeiro contrato longo com a Rede Globo e, a partir daí, fez novelas importantes como “Paraíso”, de Benedito Rui Barbosa, que considera um de seus melhores personagens “Zé Eleutério” (O filho do Diabo). Agora em 2009, ele participa do Remake da novela, vivendo o italiano Bertoni, como uma homenagem por sua participação na novela original.
Em 1985, teve outra grande momento com o seriado Armação Ilimitada, também na Globo, protagonizado Juba, ao lado de André de Biasi, o Lula. A série revolucionou o formato de programas de TV, ganhando o prêmio “Ondas” na Espanha  entre outros, e deixou saudades no público brasileiro até os dias de hoje. A ligação com o surf sempre foi muito forte e evidente, tanto que seus três filhos têm nomes que são referências ao Havaí ? Kawai (16 anos), Lanai (15) e Kenui (11).
Um de seus projetos atuais é a captação de recursos para o Filme ?Juba e Lula, 20 anos depois?. Segundo ele, será uma obra para mostrar à nova geração quem é Juba e Lula e para os fãs, contar como eles estão vivendo hoje. ?É um filme que não é para ser saudosista. É para a família toda?, explicou.
DESFILE ? Junto ao lançamento do livro, o evento no Tênis Clube Paulista contará com o desfile da coleção verão 2010 da AntiQueda. A marca, que tem 20 anos de história no mercado, está consolidada em mais de 700 pontos de venda, contando com mais de 400 itens em cada coleção, nas linhas masculina, feminina e infanto-juvenil.
O investimento no surf conta com os patrocínios ao Circuito A Tribuna de Surf Colegial, referência nacional no gênero, desde a sua criação em 1996, e aos surfistas Andréa Lopes, tetracampeã brasileira profissional, o experiente Cristiano Guimarães e o talento da nova geração, Thiago Guimarães. Mais detalhes no site www.antiqueda.com.
O Tênis Clube Paulista fica na Rua Gualachos, 285, Paraíso, em São Paulo.

Postado por Equipe AntiQueda em Blog

SURFISTA DA EQUIPE ANTIQUEDA BRIGA PELO INÉDITO PENTACAMPEONATO BRASILEIRO PROFISSIONAL

Orgulhosa de ser a mais experiente no SuperSurf, a carioca Andréa Lopes ficou mais próxima de um feito histórico, o pentacampeonato brasileiro profissional. Segunda colocada na etapa inicial, em Guarujá, e terceira em Ubatuba, a atleta da equipe AntiQueda ocupa a vice-liderança do ranking, apenas 20 pontos atrás da paulista Suelen Naraisa (1.610 a 1.590).

?Achei que fosse assumir a liderança do ranking, mas não vou deixar isso entrar na minha bagagem como negativo e sim como aprendizado para melhorar sempre. Tenho de comemorar a boa fase?, confidenciou Andréa. ?Cada bateria do SuperSurf hoje em dia não é fácil. E superar Thais Almeida, Gabi Leite, Suelen Naraisa, entre outras, são pequenas vitórias que me levarão à minha meta e dedico minha vida diária a isso?, afirmou.

Além da experiência, a surfista de 35 anos coloca o equilíbrio físico e mental como grande qualidade. ?Busco o equilíbrio em tudo, tem de estar bem fisicamente e destruir no psicológico, que é o meu forte. Sinceramente, tenho usado muito isso. Destruo o que tiver de ser fora do mar, rindo e levando tudo na leveza e com muita concentração, muito foco, em tudo?, ressaltou. ?Enquanto estiver competindo, terei metas a longo prazo e também diárias?, frisou.

Para a temporada 2009, o alvo é para o novo título no SuperSurf e também não descarta o Circuito Petrobras Feminino. ?Abri mão do ISA Games na Costa Rica para estar no Petrobras e lugar também por resultados bons neste campeonato, que é de extrema importância para a categoria?, revelou a atleta, que junto com a AntiQueda tem os patrocínios da Central Surf, Lui Lui e HB Sunglasses e apoios da Free Style e Rhyno Foam.