ENTRE EM CONTATO COM A ANTIQUEDA:

Preencha o formulário ao lado para entrar em contato com a AntiQueda.

Telefone: (13) 3226-1515

ANTIQUEDA NAS REDES SOCIAIS:

Coleção Verão 2018

BLOGAQ

Acompanhe a AntiQueda

Facebook Twiiter

Postado por Equipe AntiQueda em Blog

Evandro com Paulo Livramento e Paulo Nogueira, da AntiQuedaEvandro Mesquita é o líder da Banda BlitzFábio Maradei se diverte entrevistando Evandro
Evandro Mesquita veste AntiQuedaEvandro Mesquita é sucesso há quase 30 anosEvandro Mesquita durante show em Guarujá vestindo AntiQueda

Ator, cantor, compositor, roteirista e surfista, o carioca Evandro Mesquita está vestindo AntiQueda, surfwear com sede em Santos, que está completando 19 anos de mercado. O multiartista, líder da Banda Blitz, está na lista das celebridades que têm total identidade com o surf e gostou da nova parceria. ?Foi uma indicação da Andréa Lopes e gostei muito da vibração do pessoal e, claro, das roupas. Tem tudo a ver, é o meu estilo, bem bacana?, elogiou.

Aos 56 anos de idade, Evandro Mesquita faz parte da história do surf carioca e desde o início dos anos 70 era ?local? do Arpoador e depois de Saquarema, tendo como companheiros de ondas verdadeiras lendas da modalidade, como Pepê Lopes, Roberto Valério, Otávio Pacheco e Rico de Souza.
Sua identidade com o surf foi levada às telas. Antes da Blitz, Evandro se destacou no clássico ?Menino do Rio?, longa-metragem de 1982. Era Paulinho, amigo de Valente (André de Biasi), o protagonista. Na televisão, participou da famosa série Armação Ilimitada, em 85, e teve outro personagem ligado ao surf, Saldanha, na novela Top Model, em 89, contracenando ao lado de Nuno Leal Maia.

?Eu sempre vivi na beira da praia. E até hoje ainda surf, tiro onda, com pranchão. Com marzinho de até um metrinho, espelho, o joelho ainda aguenta. Tenho pranchão, fun, fun fish e hoje estou surfando mais com a fun fish, que é mais leve?, destacou Evandro, em entrevista feita em Guarujá.
Antes de estourar na vida artística, ele morou em Saquarema, logo no início da década de 70, e sempre ligado na área cultural. Escreveu sobre música na Revista Brasil Surf, primeira edição. ?Teve a Energia, do Lipe (Dylong), que eu desenhei o anúncio. O Otávio Pacheco e o Paulo Proença compraram a patente da Wax Made, a primeira parafina boa que teve no Brasil, e como era super amigo deles desenhei o rótulo. Era um duende, umas ondas quebrando atrás?, recordou.

?Foi uma época de entradas e bandeiras, de descobertas bacanas. Comecei a fazer teatro nesta época e a tocar também. Rolava som em volta da fogueira à noite. Era o paraíso, uma cidade dos sonhos?, disse Evandro, que iniciou na carreira artística no teatro, com a peça ?Hoje é Dia de Rock?, no Teatro Ipanema, ainda nos anos 70.

MENINO DO RIO – A participação no filme Menino do Rio aconteceu após o sucesso do grupo de teatro Asdrúbal Trouxe o Trombone. ?Foi uma peça revolucionária, com Regina Casé, Luiz Fernando Guimarães, Patrícia Travassos. Tinha uma linguagem diferente?, lembrou. Nessa época, André de Biasi contou que estava escrevendo um roteiro de um filme e o convidou para uma reunião com Antonio Calmon.

?Eu já era músico, toquei minha música e eles gostaram. Nunca tinha feito nada de cinema e embarquei nessa viagem?, contou Evandro, que também em 82 criou a Blitz. ?Um sucesso estrondoso, que arrombou a porta. Ficamos juntos cinco anos, brigamos, separamos, voltamos em 94 para fazer três shows e ficamos mais um ano. Agora, estamos de volta. Banda é igual casamento. É difícil equilibrar as cabeças?, afirmou.

Orgulhoso da formação atual, que conta com outros três integrantes da primeira geração, ele é só elogios. ?Essa formação atual é a melhor. A energia é sensacional. Os músicos que entraram contribuem muito musicalmente e no astral. Tem quatro integrantes da antiga. Eu, o Billy (tecladista), o Juba (baterista) e resgatamos a Claudinha Niemayer, que tocava com a gente na época em que o Lobão era o batera?, ressaltou.

LIVRO – De bem com a vida, Evandro aumentou o seu ?raio? cultural e lançou no início do ano um livro, o Xis-Tudo. Como o próprio título informa, um verdadeiro conjunto de tudo o que passa em sua mente privilegiada, fértil e aguçada. ?Tem tudo. Realidade, ficção, top 10 das melhores praias, melhores surfistas, receita de sucos dos Irmãos Greice, fotos históricas. É quase um almanaque. Maneiríssimo?, argumentou.

A publicação mostra a sua diversidade e conteúdo com a participação de personalidades do mundo cultural. ?Tem a canja de desenhistas como Angeli, Ziraldo, Lan, Aroeira, e tem a canja acadêmica e super especial do João Ubaldo. É um livro para abrir em qualquer página e curtir?, relacionou.
Na conceituada carreira, garantiu outros sucessos, muitos ligados ao humor e com a irreverência que lhe é peculiar. Ele mesmo destaca alguns. ?Como ator gostei de ter feito Armação Ilimitada. Também foi muito bom essa última novela que fiz, Bang-Bang (2005), apesar do sofrimento de vestir roupa de mulher e maquiar. Mas era muito engraçado?, relatou, referindo-se a Henaide.

?Gostei muito dos Normais, o filme e a série. As pessoas sempre falam da cena na varanda, do puta que pariu. E agora estou adorando fazer A Grande Família. Foi o maior presente?, comentou Evandro, referindo-se ao personagem Paulão da Regulagem.

FUTURO – Em evidência por quase 30 anos, Evandro Mesquita tem na ponta da língua a receita. ?É ir à luta, acreditar no que você faz, porque é uma briga, um funil. Eu sempre gostei desse universo da arte. Gosto de fazer teatro, cinema, música. Fui bem nesses setores?, falou.

Mas quem pensa que a trajetória já alcançou o ápice, está enganado. Evandro Mesquita ainda pretende lançar muitos projetos. ?Falta muita coisa. Sempre estar faltando algo é sadio. Quero sempre estar verde, aprender e vencer novos desafios. Quero fazer um filme, dirigir um filme com roteiro meu. São sonhos, mas quem não tem um sonho não dança, como dizia Cazuza?, completou.

Empresário destaca qualidades

Para o diretor de marketing da AntiQueda, Paulo Sérgio Nogueira Lopes, o Paulinho, a parceria com Evandro Mesquita é um presente. ?Nosso investimento sempre esteve focado no surf e o Evandro faz parte da história do surf no Rio de Janeiro, representa o Arpoador, grande celeiro de atletas. Investimos em quem tem espírito do surf, identidade. Além dele, tem o Kadu Moliterno e o Cláudio Heinrich usando as nossas roupas. São surfistas no seu dia a dia e que têm a profissão de ator. São simpatizantes da marca?, afirmou.

Paulinho fez questão de frisar que a AntiQueda segue com a sua equipe competitiva de surf, com a tetracacampeã brasileira Andréa Lopes, o experiente Cristiano Guimarães e o talento da nova geração, Thiago Guimarães. ?Nunca vamos deixar de investir no surf de competição, com os nossos atletas e os campeonatos que patrocinamos?, explicou o empresário, lembrando que a marca é patrocinadora oficial do Circuito A Tribuna de Surf Colegial, o mais tradicional do País no gênero, em sua 13ª edição consecutiva, e co-patrocinadora do Petrobras Feminino, o maior do Mundo exclusivo só para mulheres.

Marca 100% brasileira, a surfwear AntiQueda tem sede em Santos, cidade onde o surf brasileiro nasceu, e está no mercado desde 1989. O início foi comedido, com a confecção de camisetas. Foram oito modelos e 300 peças. Hoje, a empresa está consolidada em todo o País, em 600 pontos de venda, e até no exterior, no Japão e Portugal, contando com mais de 200 itens em cada coleção, com cerca de 120 mil produtos. Mais detalhes no site www.antiqueda.com.

TRABALHOS DE EVANDRO MESQUITA (ALÉM DA BLITZ)

Televisão

2008 – Sexo Oposto

2006 até hoje – A Grande Família….Paulão da Regulagem

2005 – Bang Bang …. Billy the Kid (Henaide / Simon / Edílson)

2004/05 – A Diarista….Ramon / Heitor dos Prazeres / Nando / Romeu

2004 – Sob Nova Direção …. Taxista

2003 – Malhação….Rômulo Amorim

2002 – Desejos de Mulher…. Bill

2001/02 – Os Normais….Tobias / Jorge / Valdo

2001 – Estrela-Guia …. André Teixeira

2000 – Sai de Baixo …. Chulapa

1992/00 – Você Decide

1998 – Vida ao Vivo Show

1993 – Guerra Sem Fim…. Francisco Laport

1993 – Mulheres de Areia…. Joel

1991 – Vamp…. Simão

1990 – A História de Ana Raio E Zé Trovão…. Jacaré

1989 – Top Model …. Saldanha

1985 – Armação Ilimitada

Filmes

2006 – Brasília 18%

2005 – Coisa de Mulher

2005 – Um Lobisomem na Amazônia

2004 – O Diabo a Quatro

2003 – Os Normais – O Filme

1999 – Gêmeas

1999 – Xuxa Requebra

1998 – Como Ser Solteiro

1994 – Dente por Dente

1991 – Não Quero Falar Sobre Isso Agora

1982 – O Segredo da Múmia

1982 – Menino do Rio

1982 – Rio Babilônia

Evandro Mesquita durante show em Guarujá vestindo AntiQueda

  • 02/12/2008 09:42

    Simplesmente maravilhoso, o Evandro é a cara, nao so do Rio, mas do Brasil… É um orgulho pra gente ter um artista tao competente, pois na real artista que é artista tem que saber cantar, dancar, interpretar, dirigir… Sou fã demais dessa pessoa espetacular!

  • 25/01/2009 12:11

    Meu xará é demais, ainda me lembro da Blitz eu era molequinho e já curtia a banda.

    Abçs!

  • 03/06/2009 13:45

    Fala serio para de ser LINDOOOOOOOOOOOOOOO.
    Eu sempre fui sua Fã e, claro continuo.
    Aproveitando o espaço quero q vc saiba q vc continua super hiper mega lindo e gostoso hein !!!.
    Um beijo enorme desta sua fâ numero 01..02..03..04…

    ruth.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *