ENTRE EM CONTATO COM A ANTIQUEDA:

Preencha o formulário ao lado para entrar em contato com a AntiQueda - Moda Surf, Surf Wear.

Telefone: (13) 3226-1515

ANTIQUEDA NAS REDES SOCIAIS:

BLOGAQ

Acompanhe a AntiQueda

Facebook Twiiter
284944

Praia da Macumba, Rio de Janeiro (RJ). Foto: Manoel Campos.

Macumba
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

Um dos poucos picos da região com ondas mais cheias, a praia da Macumba é muito procurada por iniciantes e longboarders. O point é constante e conta com algumas bancadas espalhadas pela praia onde quase sempre tem uma vala, mesmo que força barra. Nos melhores dias, as ondas quebram lá fora e abrem até a canela.

Tamanho – 2 a 10 pés

Ondulação ideal – Sudeste | Sul

Vento ideal – Quadrante Norte

Grau de dificuldade – Baixa

Melhor época – Outono | Primavera

Constância – Alta

Crowd – Intenso

Fonte: Guia Waves

285651

Quebra-Mar, Santos (SP). Foto: Cicero Lehmann.

Quebra-Mar
São Paulo, Santos

Principal e mais constante pico da cidade, o Quebra Mar está localizado no Emissário Submarino. O posicionamento das pedras ajuda a alinhar as ondulações que vêm do quadrante sul e nos melhores dias, rolam direitas extensas ao lado esquerdo do Canal.

As séries dificilmente passam de 1 metro e a galera local está sempre presente. Quando o mar sobe, um bom preparo físico passa a ser imprescindível. O inside quebra mais cavado.

Tamanho – 2 a 6 pés

Ondulação ideal – Sudeste | Sul

Vento ideal – Quadrante Norte

Grau de dificuldade – Baixa

Melhor época – Outono | Primavera

Constância – Alta

Crowd – Intenso

Fonte: Guia Waves

150420_dica

O Stand Up Paddle parece, mas não é uma variação do surf! O esporte era utilizado como meio de transporte entre havaianos. Além de poder ser praticado com ou sem onda, ajuda no condicionamento físico e fortalecimento muscular!

285663

Tombo, Guarujá (SP). Foto: Sebastian Rojas.

Tombo
São Paulo, Guarujá

Palco de campeonatos históricos e celeiro de atletas renomados, a Praia do Tombo é um dos picos mais constantes do litoral brasileiro. Independente do tamanho e da direção da ondulação, quase sempre tem uma valinha para matar a fissura da galera.

As ondas espalhadas pelos bancos de areia da praia são fortes e cavadas, de alta performance nos melhores dias. O pico segura ondulações consistentes de até 3 metros.

Destaque para o expresso que roda sobre a laje do canto direito e para as cobiçadas ondas do Bostrô (canto esquerdo da praia). O crowd no Tombo é constante e repleto de ótimos surfistas.

Tamanho – 2 a 10 pés

Ondulação ideal – Sudeste | Leste | Sul

Vento ideal – Quadrante Oeste

Grau de dificuldade – Alta | Média

Melhor época – Outono | Primavera

Constância – Alta

Crowd – Intenso

 

Fonte: Guia Waves