ENTRE EM CONTATO COM A ANTIQUEDA:

Preencha o formulário ao lado para entrar em contato com a AntiQueda.

Telefone: (13) 3226-1515

ANTIQUEDA NAS REDES SOCIAIS:

BLOGAQ

Acompanhe a AntiQueda

Facebook Twiiter

Postado por Equipe AntiQueda em Blog

010INICIATIVA DA SURFWEAR MOSTRA COMO A CONFECÇÃO FUNCIONA EM TODOS OS DETALHES

Nada melhor do que conhecer a fundo como é feito o produto para poder vendê-lo com propriedade. A surfwear AntiQueda está “abrindo as portas” da confecção para vendedores convidados de redes de lojas clientes da marca. O objetivo é apresentar todo o processo produtivo para que os profissionais estejam mais próximos da empresa. “A ideia é fidelizar nossos parceiros”, afirma o diretor de marketing da AntiQueda, Paulo Sérgio Nogueira Lopes, o Paulinho.

Na visita, os participantes conhecem cada detalhe do processo industrial e comercial da surfwear, que conta com 90 funcionários em sua sede, em Santos, e gera cerca de 500 empregos indiretos. Desde a criação dos produtos, até a área industrial, como o corte do tecido. Conhecem os diferentes setores, até mesmo nos insumos, como escolha de botões e etiquetas.

Em cada setor, recebem explicações, observam o trabalho e podem tirar dúvidas. “No desenvolvimento de produtos, nossos designers pesquisam tendências no exterior e no Brasil, sempre unindo a parte criativa e comercial”, explica Paulinho, também ressaltando a automação, com destaque para a modelagem, gerando eficiência e produtividade. “Reduzindo desperdícios”, relata o diretor da AntiQueda, lembrando que umas das preocupações é com a sustentabilidade.

O encontro ainda conta com um coffee break e todos ganham um kit. “Eles acompanham a produção da camisa que ganharão no final. O retorno é excelente, porque eles têm mais propriedade ao falar da marca, do produto. Há uma aproximação”, complementa Paulinho. “Já trouxemos vendedores de várias lojas e a ideia é expandir esse trabalho. Criamos até um vídeo para apresentar a clientes de longe”, revela.

O diretor comercial da marca, Marcelo Kassardjian, reforça a questão da sustentabilidade. Ele conta que o projeto do edifício próprio da empresa, em Santos, abrange esse tema. “Reaproveitamos a água, há muitas janelas, ótima ventilação, boa luminosidade. Assim não precisamos tanta iluminação artificial”, argumenta.

 

010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *