ENTRE EM CONTATO COM A ANTIQUEDA:

Preencha o formulário ao lado para entrar em contato com a AntiQueda - Moda Surf, Surf Wear.

Telefone: (13) 3226-1515

ANTIQUEDA NAS REDES SOCIAIS:

BLOGAQ

Acompanhe a AntiQueda

Facebook Twiiter

Adriano de Souza, nas ondas mais conhecido como Mineirinho, foi o responsável pela comemoração brasileira em uma etapa do World Tour 2011.

Na última terça-feira (18), o atleta conquistou a sua terceira vitória na elite do surf mundial, e mostrou o porque vem sendo destacado como um dos favoritos da temporada: derrotou o deca campeão mundial Kelly Slater, na final em ondas Portuguesas (válida pela nona das onze etapas da temporada do WT.) Com o resultado, Mineirinho sobe de sexta para a terceira colocação no ranking da temporada.

Ainda na transmissão ao vivo do evento, o atleta conta ter recebido a ajuda do atleta AntiQueda, Peterson Rosa:

“Meu momento está chegando e tenho trabalhado muito forte para isto. Me diverti muito durante toda essa semana aqui em Peniche e só tenho a agradecer a Deus, à minha namorada, minha família, ao Peterson Rosa, que me ajudou bastante neste evento, e ao Pinga, meu manager, que me acolheu desde pequeno. Gostaria de dizer que o Kelly sempre foi o meu ídolo e que tenho muito respeito por ele. Para mim ele já é 11 vezes campeão mundial!

Kelly Slater também levou o prêmio pelo melhor tubo surfado durante todo o evento.

Agora com a etapa européia encerrada, a janela de espera aberta para a tradicional etapa “The Search“, realizada em algum lugar de San Francisco, nos Estados Unidos, é entre os dias 1 e 12 de novembro.

Confira abaixo o resultado do WT Portugal:

Final:

1 – Adriano de Souza [BRA]: 15.67
2 – Kelly Slater [USA]: 14.73

Semifinais:

SF 1: Kelly Slater [USA]: 19.50 def. Taj Burrow [AUS]: 16.87
SF 2: Adriano de Souza [BRA]: 13.83 def. Bede Durbidge [AUS]: 12.03

Quartas de final:

QF 1: Taj Burrow [AUS]: 17.94 def. Julian Wilson [AUS]: 17.50
QF 2: Kelly Slater [USA]: 18.70 def. Heitor Alves [BRA]: 7.67
QF 3: Adriano de Souza [BRA]: 17.60 def. Michel Bourez [PYF]: 17.53
QF 4: Bede Durbidge [AUS]: 17.10 def. Joel Parkinson [AUS]: 16.60

Baterias que estavam pendentes para o encerramento do Round 4:

1: Julian Wilson [AUS]: 6.83 def. Chris Davidson [AUS]: 3.50
2: Heitor Alves [BRA]: 15.40 def. Damien Hobgood [USA]: 13.74
3: Michel Bourez [PYF]: 18.93 def. Fredrick Patacchia [HAW]: 17.96
4: Bede Durbidge [AUS]: 17.44 def. John John Florence [HAW]: 17.06

Round 4:

1: Taj Burrow [AUS]: 17.13, Julian Wilson [AUS]: 15.70, Damien Hobgood [USA]: 14.10
2: Kelly Slater [USA]: 19.30, Heitor Alves [BRA]: 17.20, Chris Davidson [AUS]: 13.40
3: Adriano de Souza [BRA]: 15.30, Fredrick Patacchia [HAW]: 14.64, Bede Durbidge [AUS]: 11.67
4: Joel Parkinson [AUS]: 18.00, John John Florence [HAW]: 17.84, Michel Bourez [PYF]:16.10

Round 3:

Heat 9: Adriano de Souza [BRA]: 11.60 def. Travis Logie [ZAF]: 8.10
Heat 10: Joel Parkinson [AUS]: 13.56 def. Dusty Payne [HAW]: 12.30
Heat 11: Michel Bourez [PYF]: 16.27 def. Matt Wilkinson [AUS]: 14.54
Heat 12: John John Florence [HAW]: 17.33 def. Owen Wright [AUS]: 16.96

Top 5 do ASP World Tour 2011:

Depois da etapa de Portugal

1. Kelly Slater [USA]: 58,150 pts
2. Owen Wright [AUS]: 45,650 pts
3. Adriano de Souza [BRA]: 42,450 pts
4. Joel Parkinson [AUS]: 41,100 pts
5. Taj Burrow [AUS]: 40,950 pts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *