ENTRE EM CONTATO COM A ANTIQUEDA:

Preencha o formulário ao lado para entrar em contato com a AntiQueda.

Telefone: (13) 3226-1515

ANTIQUEDA NAS REDES SOCIAIS:

BLOGAQ

Acompanhe a AntiQueda

Facebook Twiiter

Postado por Equipe AntiQueda em Blog

Um dos ícones do surf feminino brasileiro, a carioca Andrea Lopes, da equipe AntiQueda, está a uma bateria da final na terceira edição do Mundial Masters da International Surfing Association (ISA), em Santa Catalina, no Panamá. A atleta de 36 anos teve a segunda melhor atuação na categoria master, superada apenas pela sul-africana Heather Clark e nesta sexta-feira disputa o round 3, também chamado de primeira final, tentando garantir vaga na finalíssima no sábado, o último dia do evento.
?Quero passar na sexta-feira e quero muito este título mundial para o Brasil. Se não passar na sexta-feira, ainda tenho ma nova chance, porque podemos perder uma vez e disputar a repescagem. Mas o pensamento é de avançar direto e surfar bem nessas ondas maravilhosas?, disse Andrea, que enfrentará a sul-africana Heather Clark, a taitiana Patricia Rossi e a peruana Rocio Larranaga. ?Três fortes rivais, três países de grande tradição no surf?, argumentou.
Depois do ISA Games, Andrea retorna ao Brasil para dois importantes compromissos no Brasil. Nos dias 10 a 12 disputa a 2ª etapa do Circuito Petrobras de Surfe Feminino, na Praia Central, em Balneário Camboriú (SC). Já nos dias 21 a 26, segue para a 3ª etapa do Brasil Surf Pro, na Praia de Geribá, em Búzios (RJ).
Atual top 8 da elite brasileira, Andrea segue com o firme propósito de chegar ao inédito pentacampeonato nacional. No ano passado, ela ficou com o vice-campeonato, apenas 40 pontos da campeã. ?Motivação não falta e tenho o apoio total dos meus patrocinadores, o que é sempre um impulso a mais?, completou Andrea Lopes.

FOTOS: DIVULGAÇÃO DE ANDREA LOPES NO ISA GAMES NO PANAMÁ

FMA Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *