ENTRE EM CONTATO COM A ANTIQUEDA:

Preencha o formulário ao lado para entrar em contato com a AntiQueda - Moda Surf, Surf Wear.

Telefone: (13) 3226-1515

ANTIQUEDA NAS REDES SOCIAIS:

BLOGAQ

Acompanhe a AntiQueda

Facebook Twiiter

Postado por Equipe AntiQueda em Blog

Dona de oito títulos e cinco vices, a Escola Adélia Camargo Corrêa, de Guarujá, saiu na frente no 15º A Tribuna de Surf Colegial. Com cinco de seus seis atletas nas finais e duas vitórias individuais, a equipe faturou a etapa inicial do ranking, disputada sábado e domingo (dias 5 e 6), na Praia da Guilhermina, em Praia Grande. Ao final da etapa, a escola vencedora marcou 117 pontos, 20 a mais que o grande rival, Don Domênico, também do Guarujá, que tem cinco títulos, incluindo o do ano passado.

Nas disputas individuais, quatro nomes que já figuram entre as grandes promessas do surf paulista levaram a melhor. Entre os juniores, Sidney Guimarães, do Adélia, foi o melhor, para tentar um novo caneco (foi campeão mirim em 2008); na mirim, o atual líder do ranking brasileiro, Deivid Silva, do mesmo colégio, foi o vencedor, confirmando a grande fase; na iniciantes, Edgard Groggia, do Don Domênico, abriu caminho para o bicampeonato; enquanto que na feminina, Kaena Brandi, do Objetivo Guarujá, venceu de olho no tri.

Com ondas mexidas, de um metro, e sol, a etapa reuniu 147 de mais de 70 escolas de ensino fundamental e médio de Bertioga a Peruíbe. ?Sem dúvida, outro evento de grande sucesso e alcançamos todos os nossos objetivos, de unir estudo e esporte, revelar novos valores, porque apareceram vários competidores que estão começando. Além disso, as escolas estão investindo nos surfistas, com bolsas de estudo. Isso é sensacional?, vibrou Paulo Sérgio Nogueira Lopes, diretor da AntiQueda, surfwear patrocinadora do Circuito desde a sua criação, em 1996.

Antes das finais, dois grandes momentos. O primeiro ainda no round dois da iniciantes, quando Victor Bernardo, do Adélia, garantiu uma nota 10 unânime dos juízes, após quatro batidas fortes, para também assegurar a maior pontuação, 18,25 de 20 possíveis nas duas melhores ondas.

RADICAL – Depois, foi a vez da AntiQueda Expression Session, uma bateria sem regras, valendo a manobra mais radical. Quem levou o kit da surfwear foi Luan Carvalho, da EE Jardim Bopeva, de Praia Grande, com uma aéreo reverse.

Nas finais, o que se viu foram baterias muito disputadas, algumas até os segundos decisivos. A categoria feminina foi a primeira a definir a vencedora. Tayane Teotônio, da EE Milton Martins Poitena, de Itanhaém, começou na frente, mas logo prevaleceu o surf de Kaena Brandi, que ratificou a vitória com uma nota 7 na quarta onda, deixando outro nome forte, Vitória Tebet, do Don Domênico, em segundo lugar.

?Dentro da água, eu estava com dificuldades de ouvir o que o locutor estava falando. Por isso, competi sem saber se estava na frente ou não. Estou muito feliz, porque sabia que seria difícil vencer adversárias tão fortes, como a Vitória Tebet?, afirmou Kaena.

Na iniciantes, Victor Bernardo entrou no mar confiante, depois da nota máxima, e teve como grande rival Edgard Groggia. Mas quem saiu na frente foi Gabriel André, do EE Jardim Bopeva, de Praia Grande. Edgard com uma nota 7 assumiu a ponta, depois foi a vez de Victor ser o líder e no último minuto, o troco do atual campeão.

Edgard precisava de 3,5 e tirou 4,75. Victor ainda tentou reverter na regressiva, mas não alcançou o 6,01 pontos. ?A vitória nesta etapa foi muito importante, porque estou em busca do bicampeonato. Agradeço ao pessoal do meu colégio, que me deu todo o apoio para participar deste campeonato?, disse Edgard.

Entre os mirins, quem comandou o show foi Deivid Silva, campeão brasileiro iniciantes em 2009. O talento local Leandro Cruz, da EM Lions Clube Ocian, começou em primeiro e logo Deivid assumiu a ponta, com um 6,9. Yagê Araújo, baiano radicado em Guarujá e que compete pelo Don Domênico, chegou perto, mas o campeão garantiu um 8,25 e ratificou a vantagem.

Com o resultado, o Adélia também comemorou a vitória por equipes. ?É sempre bom vencer. Esse é o meu primeiro ano pelo Adélia e fiquei feliz em dar este retorno. Agora é pensar na etapa final para ser campeão. Meu outro grande objetivo é faturar o título brasileiro?, falou Deivid.

NOTA 10 – Na última final da etapa, os surfistas mais velhos seguiram no mesmo ritmo de grandes apresentações, com a liderança se alternando até o final. Evandro Lima, do Itá, de São Vicente, foi o primeiro a estar na frente. Depois, foi a vez de Mário Solera, da EE Dr. Hugo Santos Silva, de Guarujá. Sidney Guimarães assumiu o posto e levou o troco de Solera, com uma nota 7.

Sidinho, então, precisava de 5,61 para voltar à ponta e com duas batidas fortes tirou nota 10 para fechar o placar. ?Fico feliz por ter vencido esta primeira etapa, ainda mais com a nota mais alta. Agora, espero vir com tudo na segunda etapa para confirmar o bicampeonato?, vibrou Sidinho, que é de Peruíbe e mora em Guarujá e tem bolsa de estudos de seu colégio.

Após as apresentações nas ondas, o público teve atrações nas areias. Primeiro o show com a Banda Pipeline e depois o College Girl AntiQueda, desfile de biquínis para eleger a aluna mais bonita da praia. Todos os resultados da etapa estão disponíveis no site da Triesportes, o www.triesportes.com.br, que transmitiu o evento ao vivo.

A definição dos campeões do 15º A Tribuna de Surf Colegial será na segunda etapa, nos dias 25 e 26 de setembro, também na Praia da Guilhermina, em Praia Grande. Os quatro campeões individuais (na soma das duas etapas) ganharão passagens aéreas para o Nordeste, a serem usadas no Circuito Brasileiro Amador de 2011.

RESULTADOS – 1ª ETAPA

COLÉGIOS
1 Adélia Camargo Corrêa (Guarujá) ? 117
2 Don Domênico (Guarujá) – 97
3 Colégio Itá (São Vicente) – 69
4 EE Vila Tupy (Praia Grande) – 53
5 EE Jardim Bopeva (Praia Grande) – 51
6 Dimensão (Praia Grande) – 39

CATEGORIA JUNIOR
1 Sidney Guimarães (Adélia Camargo Corrêa-Guarujá)
2 Mario Solera (EE Dr. Hugo Santos Silva-Guarujá)
3 Evandro Lima (Colégio Virtual-São Vicente)
4 Luan Carvalho (EE Jardim Bopeva-Praia Grande)
5 Maxswell Ribeiro (Dimensão-Praia Grande)
6 Luiz Eduardo (Adélia Camargo Corrêa-Guarujá)
Revelação: Daher Santos (EE Abrahão Jacob Lafer-Praia Grande)

CATEGORIA MIRIM
1 Deivid Silva (Adélia Camargo Corrêa-Guarujá)
2 Leandro Cruz (EM Lions Clube Ocian-Praia Grande)
3 Yagê Araújo (Don Domênico-Guarujá)
4 Mauri Amaro (Colégio Itá-São Vicente)
5 Gabriel Martins (EE Jardim Bopeva-Praia Grande)
6 Pedro Miguel (Don Domênico-Guarujá)
Revelação: Bruno Zambianco (EE Vila Tupy-Praia Grande)

CATEGORIA INICIANTES
1 Edgard Groggia (Don Domênico-Guarujá)
2 Victor Bernardo (Adélia Camargo Corrêa-Guarujá)
3 Gabriel André (EE Rene Rodrigues Moraes-Guarujá)
4 Marcos Corrêa ( Colégio Itá-São Vicente)
5 Pedro Mutaner (Colégio Dimensão-Praia Grande)
6 Leonardo Martinez (Colégio Centurion-Praia Grande)
Revelação: Alexandre Henrique (EE Armando Belegarde-Bertioga)

CATEGORIA FEMININA
1 Kaena Brandi (Objetivo Guarujá-Guarujá)
2 Vitória Tebet (Don Domênico ? Guarujá)
3 Tayane Teotonio (EE Milton Martins Poitena-Itanhaém)
4 Julia Santos (Colégio Itá-São Vicente)
5 Tais Lopes (EE Benedito Calixto-Itanhaém)
6 Beatriz Oaski (Adélia Camargo Corrêa-Guarujá)
Revelação: Bruna Santa Rosa (EE Willian Aureli-Bertioga)

ANTIQUEDA EXPRESSION SESSION – Luan carvalho (EE Jardim Bopeva-Praia Grande), com um aéreo reverse

Fotos do 15º A Tribuna de Surf Colegial

O College Girl AntiQueda foi destaque após as finais
O College Girl AntiQueda foi destaque após as finais

Finalista do College Girl AntiQueda
Finalista do College Girl AntiQueda


O público prestigiou o College Girl AntiQueda

Show da Banda Pipeline após as finais
Show da Banda Pipeline após as finais

Crédito: Luiz Fernando Menezes/FMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *