ENTRE EM CONTATO COM A ANTIQUEDA:

Preencha o formulário ao lado para entrar em contato com a AntiQueda - Moda Surf, Surf Wear.

Telefone: (13) 3226-1515

ANTIQUEDA NAS REDES SOCIAIS:

BLOGAQ

Acompanhe a AntiQueda

Facebook Twiiter

Postado por Equipe AntiQueda em Blog

Em casa, surfista vira diretor de filme e atletas ficam a vontade para mostrar ao público aéreos eletrizantes

Se domingo é dia de reunir a família, o Projeto Cine Surf não poderia ter escolhido melhor data. No último dia 25 de abril, no Teatro Guarany, em Santos (SP), o Cine Surf exibiu o primeiro filme dirigido pelo surfista profissional Wellington Guimarães, o ?Gringo? e produzido por sua esposa, a videomaker Renata Brandão.

O filme intitulado como In Air levou o surf aéreo de caras conhecidas da região como os surfistas Heitor Pereira, Vitor Faria, Icaro Rodrigues, entre outros, para a telona. ?Estávamos em busca de manobras futurísticas e, graças a Deus conseguimos belas imagens no ?quintal de casa??, contou Gringo referindo-se que em meio a ondas dropadas no Tahiti, Costa Rica e Hawaii, as praias de Santos e Guarujá renderam quase que 80% das imagens do longa.

O filme feito de surfista para surfista, como comentou o diretor, atraiu 150 amigos e uma espectadora especial, dona Tânia, mãe de Wellington Guimarães. ?Eu estou muito feliz em participar do sucesso do meu filho. Ele é uma luz especial na minha vida. Eu o amo muito. Ele é meu orgulho?, diz emocionada Tânia Maria Urbano de Magalhães.

Segundo Gringo, In Air demorou quatro anos para ser produzido e o diferencial do longa está na inserção de um curta-metragem dividindo as sessões das imagens. ?O vídeo foi editado pelo Leo e o Marcos Pacheco, dois cineastas, que quiseram mostrar através de mensagem subliminar que o surfista também trabalha e tem uma vida normal como a de qualquer outra pessoa?.

Ainda na plateia estava o Secretário de Cultura de Santos, Carlos Pinto, que ressaltou a importância do evento não só para o esporte, mas para a disseminação da cultura. ?O surf praticamente nasceu aqui na cidade. Ele é um esporte que tem uma série de nuances que passa pela educação ambiental, forma de vestir, alimentação e a própria disciplina profissional. Por isso, sou a favor que as casas de espetáculos sejam ocupadas por manifestações culturais ligadas diretamente ao esporte?, concluiu o secretário.

Roubando a cena ? Além da exibição do filme, o público presente pode acompanhar o trabalho do surfista e tatuador profissional, Gustavo Nastasi, através de quadros e pranchas, minuciosamente, decoradas pelo artista. ?Trouxe uma mostra do meu trabalho que faço paralelo ao surf. Nas peças tento passar o lado mais obscuro do esporte, por isso, é comum ver caveiras expostas. É uma estética punk para um público underground, que vem a calhar com a produtora do filme, a Union Air Brasil?, explica o artista que iniciou na arte pintando pranchas, depois passou pela tatuagem e agora pinta algumas telas.

Além da mostra, Nastasi, juntamente, com Fabio Burns, Ícaro Rodrigues e Rodrigo Generik, todos presentes no filme, autografou pôsteres do In Air que foram distribuídos para os fãs.

E, como a noite parecia do atleta, durante o sorteio do brinde mais esperado ? o de uma prancha inédita com longarina de bamboo da Silver Surf, com um conceito mais ecológico e dinâmico ? Nastasi saiu vencedor. ?Adorei ganhar essa prancha que já nasceu revolucionária. Não vejo a hora de cair na água e testar esse foguete?, diz o atleta com o novo brinquedo na mão.

A premier contou ainda com a distribuição de revistas Hardcore e o sorteio de três kits Sthill Wet Land faturado pelo público feminino que tem crescido a cada nova exibição do Projeto Cine Surf. ?Eu gosto de vir as estreias, principalmente, pela maneira como o projeto reúne as pessoas e nos ajuda a interagir com todo mundo?, enfatizou a surfista Bianca Paes, Campeã Santista de 2007.

Os 150 quilos de alimentos não perecíveis arrecadados através da troca de mantimento pelo ingresso, serão doados para o Fundo Social de Solidariedade de Santos.

Ainda muito emocionado com o sucesso da noite, Gringo agradeceu ao Bruno Espósito e Marcos Quito, pela organização do evento. ?Esse é o meu primeiro filme e posso dizer que o Projeto Cine Surf foi o que mais me instigou a dar continuidade a esse sonho. Até porque é confortante saber que o nosso trabalho será exibido em um local tão especial como neste teatro?, disse Gringo, completando que o Projeto Cine Surf também motiva surfistas a dar o seu máximo para ajudar na evolução do esporte.

Ao som de surf music e house comandado pelo Dj Caê, o Projeto Cine Surf apresentou o filme In Air com o patrocínio de Sthill Wet Land, apoio de Silver Surf, Solloviaggio Pizzas, Auto Center Imigrantes, Baraçai e Stand Out English School. E, divulgação da Fama Assessoria.

Mais informações sobre o filme podem ser encontradas através do endereço virtual www.unionairbrasil.blogspot.com Fotos de todas as sessões do Projeto Cine surf estão no site www.projetocinesurf.com.br

Projeto Cine Surf – Informações:

Marcos Quito: (13) 7802-9575

Bruno Espósito: (13) 9773-2942

Fama Assessoria:

Emanuelle Oliveira

(13) 9184-8758

Marcos André Araújo

(13) 9731-7806

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *